A obesidade tem deixado milhares de pessoas alerta, já que este problema é um fator de risco para uma série de doenças relacionadas ao excesso de gordura: pressão alta, artrite, apneia e derrame, diabetes tipo 2, colesterol elevado. De acordo com o Centro de obesidade e diabetes, pacientes obesos tendem a ser contaminados com fungos e outras infecções de pele em suas dobras de gordura, com diversas complicações podendo ser grave.
O Brasil tem cerca de 18 milhões de pessoas consideradas obesas.

As causas podem estar ligadas ao patrimônio genético, culturais, influências sociais, emocionais e ambientais, além dos maus hábitos alimentares. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que mais de 115 milhões de pessoas sofram de problemas relacionados à obesidade nos países em desenvolvimento. No Brasil, cerca de 40% da população está acima do peso.

O tratamento da obesidade inicia através de exames feitos de forma natural, pela observação e toque. Sendo o principal deles o exame da íris do paciente. para ver o nível de estresse, de depressão e o nível de contaminação expostos causado por metais pesados, micro- ondas dentre outros. a partir daí, começamos um tratamento nutricional, através de vitaminas e alimentos que o paciente vai ingerir e vai agora começar a perder peso naturalmente. Além desse processo nutricional, o paciente recebe tratamento também para demais problemas detectados, causados ou não pela obesidade.

Haja vista, o paciente obeso, normalmente, apresentar diabetes, pressão alta, depressão, transtornos de ansiedade e outros. Logo, de maneira holística, a medicina oriental e natural cuida do paciente a fim de curá-lo em todos os níveis dos problemas apresentados.